Que tal personalizar sua camiseta e deixá-la com a sua cara?

Pessoas mais descoladas ou que simplesmente desejam se vestir de maneira diferenciada muitas vezes não encontram peças inovadoras nas lojas.

Por isso, saber como personalizar sua camiseta de forma prática (e em casa) é uma solução acessível, fazendo com que a estampa tenha a sua cara. Quer saber como fazer isso? Continue lendo






Trabalho autônomo? Tudo que você precisa saber para se aposentar com tranquilidade.

Não é novidade que o desafio de exercer um trabalho autônomo requer certo planejamento, já que não ter carteira assinada faz com que as responsabilidades quanto às garantias do futuro sejam ainda maiores.

Por isso, para todos os autônomos a principal dúvida é saber como eles podem se aposentar com tranquilidade, garantindo a qualidade de vida deles e de toda família. É exatamente sobre este assunto que trataremos neste post. Continue lendo


As crianças estão viciadas no celular? Veja o que fazer para acabar com o excesso.

É inegável: a tecnologia chegou para todos. Inclusive para as crianças. No entanto, o grande dilema dos pais é saber o que fazer quando o uso do celular por parte dos pequenos passa dos limites. Para saber como lidar com esta situação, fique de olho no nosso post.

Como fazer com que os filhos fiquem menos ao celular?

Tudo começa pelo exemplo

Embora todos os pais queiram que seus filhos se dediquem mais aos deveres escolares ou até mesmo às brincadeiras com os amigos, esquecendo um pouco do celular, muitas vezes eles entram em contradição a partir do momento que eles próprios (os pais) não conseguem desgrudar os olhos do aparelho.

As crianças percebem tudo ao redor, sobretudo o comportamento dos pais. Portanto, o primeiro passo para evitar que os pequenos usem excessivamente o celular é que os pais comessem dando o exemplo de também diminuir o uso do aparelho.

Convidar os filhos para brincar

Por mais que os pais cheguem exaustos em casa após um dia de trabalho, é fundamental que eles adquiram o hábito de brincar com os filhos, seja após o trabalho ou aos finais de semana. São muitas as atividades que podem ser feitas, entre elas:

  • Passear de bicicleta em um parque;
  • Jogar futebol, vôlei ou outro esporte;
  • Soltar pipa;
  • Passear em uma livraria;
  • Ir ao cinema;
  • Comprar jogos como quebra-cabeça, damas etc., e brincar em casa;
  • Ir a lugares diferentes tais como museus, planetários, zoológicos, parques de diversão etc.

As crianças adoram novidades e constantemente precisam do incentivo que nesta fase da vida sempre deverá vir dos pais, levando-as para passear e conhecer novos lugares e pessoas.

Resumindo, para que os filhos fiquem menos ao celular e se envolvam com outras atividades, os pais precisam fazer o mesmo, o que renderá momentos de diversão para toda família.

Nada de celular à mesa

Principalmente durante as refeições, é interessante que a família tenha o hábito de sentar-se à mesa e manter todos os celulares longe do alcance das mãos.

É necessário que este momento seja sagrado, evitando ficar o tempo todo vendo as mensagens de Whatsapp e notificações do Facebook.

Fazendo isso, por mais que a princípio seja difícil, as crianças gradativamente começarão a se acostumar, evitando de ficar grudadas no aparelho enquanto comem.

Historinhas antes de dormir

Em alguns dias da semana, é interessante que os pais retomem aquele hábito de contar histórias antes de os filhos dormirem, principalmente no caso das crianças menores que estão aprendendo a ler.

Um pequeno livro de historinhas pode fazer verdadeiros milagres, evitando que elas fiquem querendo ver o celular quando já estão na cama.

Além disso, esse momento faz com que os laços de união entre pais e filhos se tornem ainda mais fortes.

Estimular a convivência com as pessoas

Geralmente, as crianças que fazem uso exagerado do celular também apresentam dificuldades na convivência com familiares e amigos, tornando-se mais introspectivas.

Por isso, é preciso que os pais estimulem a comunicação e convivência dos filhos com as crianças da mesma faixa etária e também com o restante da família, convidando os amiguinhos para verem filmes em casa ou para sair etc.

Ensinar e jamais punir

Por mais que as crianças apresentem resistências quanto a diminuir o uso do celular, os pais jamais devem puni-las, brigar, gritar etc. Isso piora ainda mais a situação.

O melhor a fazer é sempre ensinar com calma, buscando desenvolver nelas novos hábitos e sempre explicar os malefícios que poderão ser causados pelo uso exagerado do celular sem jamais esquecer de dar um bom exemplo.

Com todas essas dicas, naturalmente as crianças diminuirão o uso do celular e começarão a se dedicar a outras atividades.


Manual de Primeiros Socorros – O que fazer com as crianças quando:

Acidentes podem ocorrer com as crianças em casa ou na escola e precisamos estar preparados para agir com rapidez nos primeiros socorros, confira algumas dicas para lidar com os pequenos nessas ocasiões de emergência.

Queimadura de sol e Insolação

Com o verão intenso e maior exposição ao sol as queimaduras na pele podem ocorrer. Claro que prevenir com o protetor solar é sempre o indicado. Mas, caso a queimadura ocorra, lavar com água corrente e passar uma loção pós sol ajuda a refrescar.

Caso levante bolhas no local, jamais estourar ou passar creme dental, como é costume de algumas pessoas, geralmente as vovós. Coloque toalhas limpas e umedecidas nos locais afetados pelo sol, soluções com Aloe Vera fazem com que os tecidos da pele sejam regenerados e a irritabilidade seja aliviada.

Não utilize esse tipo de produto em crianças menores de dois anos de idade.

Se ocorrer insolação aplique a loção refrescante e aguarde o vermelhão da pele passar. Em caso de febre, levar a criança imediatamente ao hospital. Jamais medique a criança, sem consultar o pediatra.

Picada de inseto

A exposição dos pequenos em parques ou áreas abertas faz crescer a possibilidade de picadas de pequenos insetos como pernilongos, borrachudos, abelhas e formigas.

Se a criança for alérgica, sempre peça ao pediatra uma pomada ou mesmo um repelente para que esse incidente seja prevenido. O ideal é que passar repelente todos os dias nos braços, nas pernas, nos pés e no rosto das crianças para que nenhum inseto se aproxime.

Se a criança for picada coloque gelo no local picada para que a coceira seja amenizada e também que a região não fique inchada, caso o ferrão do inseto fique na pele, não tente remover com uma pinça ou algum objeto não esterilizado, pois a manipulação desse tipo de procedimento sem as ferramentas e os medicamentos apropriados pode causar uma infecção no local.

Se há areia, terra ou grama, junto ao local afetado lave com água corrente e sabonete neutro. E leve a criança imediatamente ao hospital mais próximo, para a remoção do ferrão do inseto. Se não ocorrer esse tipo de picada (com presença de ferrão) lave com água corrente e sabão neutro no local, pomadas para coceira são recomendadas se a criança não tiver qualquer tipo de alergia, caso aconteça alterações no local da picada leve a criança imediatamente ao hospital mais próximo.

Cortes e tombos

 Cair e ter ralados é muito comum na infância, e exige cuidados por mínima que seja a lesão.

Sempre acalme a criança, lave o local do corte ou do ralado. Lembre-se que com a criança agitada, fica mais difícil cuidar do ferimento. Dependendo da região afetada, imobilize o local e realize um pequeno curativo com álcool 70%, antisséptico, gases esterilizados e esparadrapo.

Caso necessário analisando a profundidade do corte, encaminhar a criança imediatamente ao hospital mais próximo para realizar sutura no local.

Quando o assunto é queda todo cuidado é pouco, já que bebês de um a dois anos de idade sofrem quedas pequenas de 1,30 cm, ou mesmo crianças maiores caem até uma altura de 1,50 cm em alguns ambientes com tapetes ou mesmo assoalhos almofadados, não sofrem grandes escoriações ou contusões.

O adulto deve aplicar gelo no local e observar durante 12 horas, se a crianças não apresentar dores profundas nos locais afetados pela queda, só foi um susto. Porém, se a cabeça foi afetada pelo tombo deve ter cuidado redobrado, já que crianças e bebês ainda não tem o crânio completamente fechado, popularmente conhecido como “moleira”, nesses casos é importante recorrer ao pediatra.

Para todos os casos é importante analisar a gravidade do problema, sendo algo mais sério é importante levar a um pronto atendimento.


APPs para quem precisa de ajuda na economia doméstica ou familiar

Organizar o orçamento doméstico nem sempre é tarefa simples e quando se trata de uma família com vários membros fica quase impossível controlar centavo por centavo.

Mas, antes de tudo vamos entender quão importante esse controle pode ser, quando você sabe exatamente quanto gasta em determinada situação é possível ter o controle de quanto ainda resta para as demais atividades. Continue lendo


5 passos para se livrar de vez das dívidas!

O brasileiro se vê cada vez mais consumindo, a necessidade obriga a gastarmos e a alta dos preços faz com que o nosso orçamento fique pequeno em meio a tantas coisas que precisamos gastar.

Com isso, dívidas acabam sendo comuns nos lares e cada vez mais os juros e multas por atraso de pagamento vão crescendo e impedindo que as pessoas se livrem de vez desse monstro das finanças.

Mas, antes de se desesperar, separamos 5 dicas importantes e passos que podem ajudar a quem quer se livrar de vez das dívidas. Veja: Continue lendo